Universo da Espiritualidade
xMudras para a saúdeMudras Para Atrair RiquezaMudras de ProteçãoMudras Conexão Divina
xPaz de EspíritoMeditação de Cura
xMantras de CuraMantras para a ProsperidadeMantras para Meditação
xTerapias HolísticasTerapias ChinesasEFTTécnica KarunaReiki
xCuraProteçãoPerdãoProsperidade
xSímbolos de ProteçãoSímbolos de CuraSímbolos de Prosperidade
xBotânica OcultaBotânica Medicinal
xCorpo mente e alma
xTerapias dos Chakras

A FUNÇÃO ENERGÉTICA DOS CÃES

 

Esses seres maravilhosos que na verdade parecem ser os melhores amigos do ser humano não são apenas animais que servem para cuidar ou acompanhar - sua existência tem um significado muito mais profundo.

Diz-se que os cães descendem dos lobos, e de fato compartilham semelhanças genéticas, mas a variação tão diferente entre os cães leva a pensar que há algo além de uma simples "domesticação".

 

Alguns mencionam que os cães são seres que foram enviados das estrelas para ajudar os seres humanos a aprender sobre o amor incondicional. Isso não é impossível, considerando o fato de que um metal como o ouro, segundo estudos recentes, foi trazido por meteoritos para a Terra há milhões de anos. Com efeito, o corpo do cão nasce nesta dimensão física, no entanto, a energia que corre nele, não é necessariamente daqui.

 

 

 

Podemos pensar que o cão é um ser menos evoluído, no entanto, essa é uma ilusão de nosso julgamento. A evolução não é proporcional ao intelecto, nem à funcionalidade social. A evolução é um sujeito da alma e do espírito. Quantos humanos amam como o cão ama o seu dono? Isso é evolução, embora não haja complexidade intelectual. Isso não quer dizer que o ser humano seja menos evoluído, mas o cão é o professor do humano no que diz respeito ao amor incondicional.

 

De acordo com o sistema de energia dos cães (chakras), o plexo solar e o coração são a maior área neles. São seres receptores de energia. Eles vêm para proteger energeticamente seu companheiro humano. É por isso que é tão comum que, de repente, um cachorro fica doente, ou que, se o amigo humano estiver em risco, ele sente, ou que, após a morte do humano, ele se deixará morrer. Porque eles vêm com uma missão e, embora acreditemos que o humano é aquele que encontra o cachorro, é o contrário - Eles é chegam em momentos determinados, e procuram ficar conosco, ou simplesmente através da sincronia eles vêm à nossa vida. O humano pode acreditar que ele escolhe o cão, mas através de seu olhar, o cão nos reconhece  e isso faz com que a "zona de empatia" seja ativada no cérebro e decidimos ficar com ele.

 

 

 

Os cães vêm ensinar amor incondicional: não julgam, não criticam, não se ofendem e não guardam ressentimento. O cão perdoa, ama e se entrega. Se o abandonamos ou maltratamos, a parte genética da sua estrutura primitiva do "lobo" começa a surgir, e então tornam-se agressivos, desconfiados, etc., mas carinho e cuidado (embora leve tempo) traz de volta a sua vibração natural de amor incondicional.

 

No plano da energia, como já dissemos, são receptores. Eles gostam de extra-sensorialidade e percebem não só se alguém quer prejudicar fisicamente seu parceiro humano, como também energicamente. Então eles recebem a energia primeiro, para que isso não afete aos humanos. 

 

O ser humano quando dorme, entra em outras frequências, assim como o cachorro. Temos desdobramentos ou viagens, (astral ou etérico). O cão, mais do que qualquer coisa, é um guardião no plano astral, e pode ser diferente do que é neste plano físico. Provavelmente assumirá alguma forma que nossa mente reconheça para que não temamos e nos sintamos seguros, ou simplesmente será como observador, cuidando do nosso campo de energia. 

 

 

Há casos documentados em que, em casas que são muito carregadas de forma negativa, o cão não quer entrar e, se entrar, muitas vezes morre porque recebe todo o impacto de energia.

 

O movimento contínuo da cauda, ​​ativa e melhora os primeiros chakras (base e sacro), aumentando o campo vibratório da pessoa. Nestes chakras é onde reside a força vital e a percepção sensorial extra. Um cão sempre aumentará a frequência emocional do ser humano.

 

 

 

Os cães vivem em média 8 vezes menos do que o humano, porque, como já dissemos, eles chegam com uma determinada missão. Nosso corpo se regenera em ciclos de 7 a 10 anos, muito parecido com a vida média de um cachorro. Eles nos acompanham, nos ajudam a aumentar a frequência emocional, a compreender o amor incondicional, a transmutar informação celular, curar, etc.

 

A razão energética do uivar do cachorro é porque sua sensibilidade consegue detectar vibrações negativas e densas e depois a denuncia (pode até perceber eventos em outras partes do mundo ou eventos que poderão acontecer). É comum que muitas pessoas digam que antes de grandes terremotos, por coincidência, seus cães uivavam constantemente.

 

 

 

O cão goza de uma existência multidimensional. É por isso que eles sentem quando algo aconteceu com seu dono. 

Por "estética", algumas pessoas cometem a crueldade de cortar sua cauda e suas orelhas, e isso equivale a mutilá-los também no plano energético (embora eles se recuperem), é totalmente desnecessário fazê-lo. Nas orelhas há conexão com o chakra coronário (responsável pela conexão cósmica), é por isso que as orelhas são como "antenas" dos cães. E na cauda, ​​como dissemos, está a força vital. 

 

Finalmente, deve-se mencionar que quando o cão deixa seu corpo, ele permanece aqui, em uma dimensão mais sutil, mas ele sempre acompanhará seu companheiro humano. Eles são leais não apenas na vida, mas também depois de cumprir sua missão na Terra. 

 

Namastê!

Equipe Universo da Espiritualidade

Fonte: Nadim David 

Gostou deste artigo? Compartilhe!





TODOS OS LIVROS COM DESCONTOS ACIMA DE 50%. APROVEITE!



Curta a fan page e receba nossas atualizações. Namastê!



Participe do nosso grupo no Facebook

Universo da Espiritualidade