Universo da Espiritualidade
xMudras para a saúdeMudras Para Atrair RiquezaMudras de ProteçãoMudras Conexão Divina
xManual de MudrasBotânica Medicinal e místicaProsperidade Através dos MantrA Natureza Contra a DepressãoLOJA
xPaz de EspíritoMeditação de Cura
xMantras de CuraMantras para a ProsperidadeMantras para Meditação
xTerapias HolísticasTerapias ChinesasEFTTécnica KarunaReiki
xCuraProteçãoPerdãoProsperidade
xSímbolos de ProteçãoSímbolos de CuraSímbolos de Prosperidade
xBotânica OcultaBotânica Medicinal
xCorpo mente e alma
xTerapias dos Chakras
Meditação>Meditação de Cura>COMO PRATICAR A MEDITAÇÃO BUDISTA

COMO PRATICAR A MEDITAÇÃO BUDISTA

COMO PRATICAR A MEDITAÇÃO BUDISTA

 

Os budistas usam a meditação para se transformar e superar as distrações do mundo, de modo a ver a verdadeira natureza das coisas. E funciona. Evidências clínicas mostram que a meditação de atenção plena, na qual o praticante se concentra na própria respiração, melhora a cognição e o controle emocional e também pode diminuir a pressão sanguínea, o estresse, a ansiedade e a depressão, além de ajudar com a insônia e até tornar o envelhecimento do cérebro mais lento.

 

 

A meditação da compaixão, na qual o praticante se concentra em desenvolver bondade e amor incondicional, é útil para lidar com problemas de controle da raiva, conflitos conjugais e o desafio de cuidar de um amigo ou parente a longo prazo. Para obter os benefícios da meditação, você precisará entrar no estado de espírito correto, encontrar um local silencioso e praticar com regularidade.

 

PREPARANDO-SE:

Escolha o melhor horário para você. Muitas pessoas acham útil meditar logo de manhã, para começarem o dia renovadas e com a mente limpa. Outras gostam de praticar à noite para relaxar e limpar a mente antes de ir dormir, ou ainda meditar no meio do dia para lidar com o estresse causado pelo trabalho. Qualquer horário é bom para a prática. Escolha o melhor para você.

 


Vista roupas confortáveis.
 O objetivo da meditação é acalmar sua mente e transcender as emoções negativas. Peças soltas e confortáveis ajudarão a garantir que o desconforto físico distraia você o mínimo possível.

 

Encontre um local reservado e silencioso. Você deverá achar um cômodo no qual nenhum som alto ou interrupção súbita perturbem sua meditação. O local deverá estar em uma temperatura confortável. Os monges tibetanos começam a meditação limpando o cômodo. Você pode deixar o espaço mais relaxante e propenso à meditação mantendo-o sem bagunça.

 

Veja se você não será interrompido. Desligue seu celular. Se tiver um telefone fixo, desligue o toque dele. Peça a sua família para não interrompê-lo durante a sessão.

 

Sente-se em uma posição confortável. A pose de meditação clássica é com as pernas cruzadas e as mãos formando o Gyan Mudra (o dedo polegar toca o indicador). Mas a forma como você se sentar não importa, desde que esteja confortável e que suas costas fiquem retas para permitir uma respiração profunda e completa.

 

 

Você pode se sentar em uma almofada, para ficar mais confortável. Também é possível sentar-se em uma cadeira, se você achar mais agradável ou se precisar de apoio nas costas.

 

Relaxe seu corpo. Adotar a postura adequada pode ajudar você a se manter confortável e relaxado enquanto medita. Mantenha a cabeça um pouco inclinada para frente, os dentes levemente separados e os ombros relaxados. É melhor deixar os olhos semicerrados, mas se isso distrair demais, você pode fechá-los.

 

Coloque a língua no céu da boca. Essa atitude criará um breve vácuo que diminuirá a saliva e a necessidade de engolir.

 

Defina um tempo mínimo para meditar. Comece com 15 minutos. Tente meditar por todo o tempo que separou, mas se ficar cansado ou muito distraído, você pode parar.

 

Entenda por que está meditando. Você pode ter motivos particulares para praticar: ajudar-se a superar emoções negativas, ou lidar com o estresse. A meditação pode auxiliar acalmando sua mente e ajudando você a deixar os sentimentos negativos de lado, especialmente se você se concentrar em um deles por vez.

 

PRATICANDO A MEDITAÇÃO DE ATENÇÃO PLENA

 

Concentre-se na sua respiração. Respire pelo nariz. Mantenha o foco em cada inspiração e expiração. Sinta seu abdômen subir e descer. Não controle sua respiração, apenas preste atenção nela. Limpe sua mente de tudo que não seja esse foco no seu respirar. O objetivo é alcançar a paz e a tranquilidade da mente.

Você pode contar suas respirações até dez para ajudar-se a se focar. Caso perca a contagem, recomece no um.

 

Deixe os pensamentos irem e virem. Eles inevitavelmente surgirão na sua cabeça, especialmente quando você for novo na meditação. Não fique bravo se eles surgirem.

 

Não tente parar os pensamentos. Permita que eles surjam, mas reconheça o surgimento deles e não os acompanhe. O objetivo não é não ter pensamentos, e sim que eles apareçam e ainda assim percam sua força. Deixe que eles saiam da sua mente por conta própria.

 

Aumente a duração da sua meditação. Comece meditando 15 minutos, uma vez por dia. Pode parecer bastante tempo no começo, mas conforme você avançar na prática de relaxar e limpar sua mente, ficará mais fácil. Procure estender a duração da sessão em 5 minutos a cada semana, até que consiga meditar por 45 minutos.

 

Namastê! 

Nina Greguer

Fonte Pesquisada: wikihow

 

Um grande e poderoso ensinamento que esteve oculto por milênios, acaba de chegar em suas mãos: Clique na imagem abaixo e conheça este ensinamento milenar de cura, prosperidade e harmonia:

 




INVOCAÇÃO DA UNIFICAÇÃO DOS CHAKRAS;
DISSOLVA TODOS OS DESEQUILÍBRIOS DE SUA VIDA COM ESTA PODEROSA MEDITAÇÃO;