Universo da Espiritualidade
xMudras para a saúdeMudras Para Atrair RiquezaMudras de ProteçãoMudras Conexão Divina
xManual de MudrasBotânica Medicinal e místicaProsperidade Através dos MantrA Natureza Contra a DepressãoLOJA
xPaz de EspíritoMeditação de Cura
xMantras de CuraMantras para a ProsperidadeMantras para Meditação
xTerapias HolísticasTerapias ChinesasEFTTécnica KarunaReiki
xCuraProteçãoPerdãoProsperidade
xSímbolos de ProteçãoSímbolos de CuraSímbolos de Prosperidade
xBotânica OcultaBotânica Medicinal
xCorpo mente e alma
xTerapias dos Chakras
Terapias>Terapias Holísticas>COMO USAR A CHAMA VIOLETA: DECRETO E INVOCAÇÃO

COMO USAR A CHAMA VIOLETA: DECRETO E INVOCAÇÃO

 

É importante sempre pedir proteção espiritual antes de invocar a Chama violeta. Em seguida, encontre um lugar onde você não seja perturbado. Sente-se confortavelmente em uma cadeira, com a coluna reta, as pernas e os braços sem cruzar e os pés planos no chão. Descanse as mãos sobre as pernas com as palmas voltadas para cima. 

 



A CHAMA VIOLETA é invocada através de "decreto", uma forma única de oração falada utilizando visualização e meditação. Um dos decretos mais simples para a flama violeta é:

"EU SOU um ser de fogo violeta! EU SOU a pureza que Deus deseja!" 

 

Faça algumas respirações profundas e lentas e concentre-se em seu coração. Comece lentamente, fazendo o decreto com amor, devoção e sentimento. 

 

Repita o decreto três ou nove vezes para começar;  Repetir o decreto fortalece seu poder e traz mais luz. 

 

Uma vez que você está familiarizado com o decreto, você pode fechar os olhos, concentrando-se e visualizando a chama violeta. 

 

Veja-se diante de uma grande fogueira de cor violeta. Veja as chamas pulsando e ondulando em infinitas sombras de violeta com graduações de púrpura e rosa. 

 

 

Então, veja-se pisando na chama - então a chama violeta é onde você está fisicamente. Veja o seu corpo como transparente, com as chamas ondulando de debaixo de seus pés, passando por e ao redor de seu corpo, aclarando sobre sua cabeça. 

 

Namastê!

Nina Greguer