Universo da Espiritualidade
xMudras para a saúdeMudras Para Atrair RiquezaMudras de ProteçãoMudras Conexão Divina
xPaz de EspíritoMeditação de Cura
xMantras de CuraMantras para a ProsperidadeMantras para Meditação
xTerapias HolísticasTerapias ChinesasEFTTécnica KarunaReiki
xCuraProteçãoPerdãoProsperidade
xSímbolos de ProteçãoSímbolos de CuraSímbolos de Prosperidade
xBotânica OcultaBotânica Medicinal
xCorpo mente e alma
xTerapias dos Chakras

SE VOCÊ POSSUI METADE DESSAS 8 HABILIDADES, SIGNIFICA QUE É UMA PESSOA ESPIRITUALMENTE EVOLUÍDA

 

Os grandes sábios que caminharam nesta estrada antes de nós deixaram marcadores para encontrarmos o caminho. Podemos aprofundar o conhecimento do Universo para aprofundar a nossa compreensão, no entanto, é sempre imperativo que tiremos nossas conclusões de nossas próprias experiências.

 

Sentimentos e ações presentes na vida das pessoas evoluídas espiritualmente:

 

1) PERCEBER O QUÃO IMPORTANTE É A AUTO-DESCOBERTA

A vida é um emaranhado de complicações, que todos tratam de forma diferente. Uma pessoa espiritualmente madura entende que cada indivíduo lida com as coisas de maneira diferente. O que pode ser bom para você pode ser terrível para outra pessoa. Ser uma pessoa espiritualmente evoluída é olhar através da perspectiva de todos e ajudá-los a encontrar soluções próprias.  É atuar como guia, e oferecer conselhos, mas jamais fornecer conclusões para a vida de outra pessoa.

 

2) EVITAR O JULGAMENTO COM BASE NA RELIGIÃO

As crenças religiosas e espirituais, dependendo da forma como são conduzidas, podem dificultar o relacionamento entre as pessoas. A forte adesão a uma crença religiosa evita que as pessoas se relacionem com seu próprio processo de pensamento. A relação pessoal que cada um deve ter com o Universo não pode ser fixada em regras feitas por outros. As pessoas aceitam a religião como uma forma de entender seu lugar no Universo. É uma maneira de despertar o espírito e se aproximar do mundo da espiritualidade. E isso é algo muito particular.

No entanto, alguém com maturidade espiritual profunda sempre entenderá que a diferença religiosa não muda nada. Afinal, toda religião prega as qualidades humanas básicas de bondade, amor e perdão. E não é necessário aderir a uma religião específica para praticar essas qualidades. Na verdade, a tolerância para outros sistemas de crenças ajuda na maior compreensão do mundo.

 

3) PRATICAR A CARIDADE E A GENTILEZA

O amor pode se manifestar de várias maneiras, e um deles é através da ação.

O amor não é apenas um conceito abstrato; requer esforço, tempo, paciência e coragem. Às vezes, é um desafio fazer a escolha voluntária de amar, estender bondade e caridade, especialmente para pessoas menos afortunadas e, especialmente, se você teve experiências ruins por causa disso. Algumas pessoas pensam que a bondade é uma demonstração de fraqueza e que muitos se aproveitam disso, e este pensamento as impedem de serem amáveis. Sim, ser caridoso não é fácil e exige força, mas é a melhor coisa a ser feita.

 

4) ENTENDER QUE DEVEM SE AMAR TANTO QUANTO AOS OUTROS

Uma pessoa espiritualmente saudável entende o conceito de amar não apenas os outros, mas também a si mesmo. É importante perceber que as pessoas que se preocupam com você e com seu bem-estar não vão querer que você se ame menos do que a elas.

O amor próprio é mais do que autoestima. Trata-se de impedir ativamente que você fique em segundo plano. A idéia de abnegação é insalubre e desaconselhável na vida real, por mais que seja glorificado na literatura.

 

5) ENTENDER QUE RARAMENTE HÁ UMA RESPOSTA CERTA

A pessoa espiritualmente madura sabe que ninguém pode ter todas as respostas a esse quebra-cabeça que chamamos de existência. A maioria das pessoas não tem sequer um fragmento das respostas.

Ser espiritualmente maduro é perceber que você nunca terá todas as respostas. Na melhor das hipóteses, há apenas um fragmento do enigma da existência que podemos entender e compreender.

 

6) NÃO DESPERDIÇAR TEMPO GUARDANDO RANCORES

Embora a raiva seja uma reação humana comum, não é útil, a menos que seja canalizada para alimentar uma ação positiva. Da mesma forma, manter um rancor é um ato fútil, que causa mais mal do que bem.

Sem um propósito, a raiva só pode machucar os que estão ao seu redor e o esforço de transportar todo esse veneno dentro de você poderá deixá-lo desencantado e cansado.

 

7) ENTENDER QUE O AMOR E A EMPATIA NEM SEMPRE SÃO FÁCEIS

Há muitos escritos sobre o calor e a luz do amor e da compaixão. Mas, nas histórias de amor, pode também haver dor e tristeza envolvidos. Uma pessoa espiritualmente madura sabe disso. A vida às vezes lança desafios. Amar significa também lutar contra a escuridão e confortar aqueles que você ama quando a tempestade chega. 

 

8) VIVENCIAR O AMOR VERDADEIRO

A sociedade de hoje banalizou o amor. Os atos de amor de nosso tempo raramente são grandiosos; eles são em muitos casos a escolha para colocar as necessidades de alguém acima de tudo. Uma pessoa espiritualmente consciente percebe instintivamente a importância da empatia e dos pequenos atos de amor na vida de outra pessoa. Acredita no verdadeiro amor, aquele capaz de verdadeiramente fazer o outro feliz.

 

Namastê!

Fonte consultada: simplecapacity

Tradução e adaptação: Equipe Universo da Espiritualidade

Gostou deste artigo? Compartilhe!





TODOS OS LIVROS COM DESCONTOS ACIMA DE 50%. APROVEITE!



Curta a fan page e receba nossas atualizações. Namastê!



Participe do nosso grupo no Facebook

Universo da Espiritualidade